sábado, 31 de janeiro de 2009

Nossa visita aos Konkombas de Gana - Ronaldo Lidório


Por: Ronaldo Lidório

Tivemos o privilégio de, como família, visitar a Igreja Konkomba em Gana neste mês de dezembro de 2008. Foram dias inesquecíveis que nos alegraram profundamente ao rever amigos e irmãos chegados.

Rossana estava radiante, de volta à aldeia onde moramos durante 9 anos. Vivianne e Ronaldo Junior aproveitaram cada momento revendo os amiguinhos com os quais brincavam na savana ao lado da nossa casa quando crianças. Mãe, com seus 74 anos de idade, esteve conosco nesta viagem e se encantou com a hospitalidade deste povo simples e amável, pelo qual orou durante tanto tempo.

É época seca e as estradas estão transitáveis. Conseguimos um bom carro, alto e forte o suficiente para levar-nos sem problemas até Koni, nossa aldeia alvo. Os missionários amigos bem como pastores africanos na capital nos aconselharam a aguardar o primeiro turno da eleição presidencial antes de deixarmos a cidade, o que fizemos. A viagem transcorreu bem e de forma tranqüila. Após dois dias chegamos até Koni, onde fomos recebidos com festa e alegria. Em sinal de boas vindas o chefe da aldeia nos presenteou com um pato, e explicou: “como vieram em família a tradição nos aconselha lhes presentearmos com um cabrito ou um pato. Escolhi, porém, um pato porque vocês são viajantes, ao contrário do cabrito que tem morada certa”. Da Igreja uma comitiva veio nos recepcionar com deliciosos inhames.

A Igreja Konkomba vai muito bem, pela graça de Deus, e continha fortalecida pela boa liderança dos 5 pastores locais: Labuer, Iagurá, Antni, Kimana e Nprompir, além de dezenas de presbíteros, diáconos e irmãos que trabalham em diversas áreas ministeriais. Além das 23 igrejas espalhadas por toda a região já contam hoje com mais 4 iniciativas missionárias no Togo, tendo a frente um ótimo plantador de igrejas, Kimana, que se mudou com sua família para um dos pontos mais remotos do norte daquele país vizinho.

Também ao norte da região Konkomba o trabalho cresce, rumo à área mais desértica. Npromprir, um nato plantador de igrejas, segue entrando em áreas novas além da região de Kandjokorá, que nós ainda desconhecemos.

Labuer continua sendo o líder do grupo de pastores. Tivemos um ótimo tempo juntos, de boas conversas e oração. Seu plano é investir mais tempo na distribuição do Novo Testamento Limonkpeln para a região do Togo onde ainda se encontram dezenas de milhares de Konkombas sem o conhecimento do evangelho. Com algumas ofertas bondosamente enviadas do Brasil foi possível comprar-lhe uma nova motocicleta que será especialmente útil nesta tarefa. Nprompir nos preocupou bastante, pois seu olho direito, já enfermo há alguns anos, piorou bastante. Rossana o encaminhou a uma boa clínica dos olhos, no Norte do País (Waa), e pedimos oração para que seja possível um tratamento e não venha a perder sua visão. Apesar desta dificuldade permanece resoluto em avançar para o extremo norte, para o plantio de novas igrejas. Iagorá. Os 5 pastores estão animados e, juntamente com suas esposas, tivemos um momento muito gostoso em Koni, onde partilhamos sonhos, lembramos o início do trabalho naquele lugar e oramos para que o Senhor nos sustente até o dia final. Um momento inesquecível.

Desejo partilhar que a maturidade da liderança da Igreja Konkomba nos impressiona. Desde 2001 quando voltamos para o Brasil para iniciar um trabalho entre indígenas no Amazonas, muitas foram as lutas e desafios que os líderes enfrentaram ali em Gana. Partilharam conosco alguns principais e como, em todos eles, encontraram resposta clara e firme na Palavra de Deus. Posso afirmar, com alegria no Senhor, que é uma liderança que estuda, teme e usa a Palavra de Deus.

Em 2004 Rossana e eu visitamos a Igreja Konkomba para a entrega do Novo Testamento na língua Limonkpeln. Ali foram entregues 3.000 exemplares que seriam distribuídos com bastante critério. Para receber um exemplar do Novo Testamento convencionou-se que seria preciso ter passado pelo curso de alfabetização em Limonkpeln (10 dias) bem como ler, perante o supervisor do curso, 3 capítulos escolhidos do Novo Testamento. Assim fizeram em toda a região e até o momento já distribuíram 2.640 exemplares. O maior pedido da Igreja Konkomba, portanto, é a reimpressão de mais 3.000 exemplares do Novo Testamento. Planejamos trabalhar em uma revisão dialetal do texto para facilitar a compreensão dos falantes de 2 dialetos Limonkpeln do Togo, onde o evangelho está entrando nestes dias.
Concluindo tal revisão planejamos uma nova tiragem do Novo Testamento (mais 3.000 exemplares) até início de 2010 com a graça de Deus.

A clínica em Koni foi o ponto de destaque nesta nossa visita pois desejavam realizar um culto de gratidão a Deus por sua existência, o que aconteceu no dia 14 de dezembro com cerca de 500 pessoas de diversas igrejas ao redor. A clínica em Koni tem tratado mais de 6.000 pessoas por ano, com os mais diversos problemas de saúde, e pela graça de Deus ganhou em 2008 o reconhecimento como entidade de utilidade pública estratégica pelo governo de Gana (a única no norte do país com este reconhecimento) facilitando, assim, o acesso mais fácil a medicamentos raros de se conseguir como certos antibióticos e soro antiofídico. Os testemunhos a respeito da clínica encheram nosso coração. Makandá, Imá, Mak e James – todos Konkombas – estão a frente realizando um ótimo trabalho. Iniciam o expediente a cada manhã com uma devocional e um tempo de aconselhamento individual aos pacientes, e logo depois se põe à triagem, consulta e tratamento. Todos já concluíram o curso padrão do governo para atendimento de enfermagem em clínicas de saúde e se saíram muito bem, especialmente Makandá que tem um talento natural para esta área.

No culto do dia 14 de dezembro podia-se ver de perto a alegria da Igreja Konkomba. Os testemunhos da bondade do Senhor, as muitas músicas, a Palavra lida e pregada bem como o desafio sempre missionário estavam ali presentes. Entre os 500 participantes havia representantes de quase todas as igrejas. Mebá, o primeiro convertido, deu um testemunho comovente de sua vida com o Senhor Jesus. Pudemos filmar e planejamos editar com subtítulos em Português para compartilhar suas palavras cheias de Jesus! Como não se contam os anos na cultura Konkomba não se sabe bem sua idade. Julgamos que já esteja com mais de 80 anos e continua forte e uma inspiração para os mais jovens. Mebá é um destes homens impressionantes que ama a Jesus de todo coração, fala com a sabedoria da Palavra e evangeliza sempre. Ouvi-lo sempre aquece o coração e nos faz lembrar do que é essencial para a vida: seguir a Jesus.

Que o Senhor o abençoe e guarde.



Para assistir uma apresentação da nossa visita à Igreja Konkomba,
clique aqui
Para baixar essa apresentação em pps, clique aqui
__________________

Fonte: SEPAL
Visite também: http://www.ronaldo.lidorio.com.br

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...